fbpx

O acompanhamento psicológico é tão essencial para todos como qualquer outra área da medicina. Foi-se o tempo em que era comum acreditar que ir em um psicólogo era sinal de ”loucura”.

Você não precisa ser diagnosticado com um transtorno mental para querer cuidar da sua saúde mental. Trata-se de uma questão básica de saúde. Ter um psicólogo de confiança não se difere da relação que você pode ter com um endocrinologista, ginecologista ou dermatologista, por exemplo.

Todos têm estresses, inseguranças e traumas a serem trabalhados a fim de ampliar a inteligência emocional. Para tal, é necessário um tratamento psicológico frequente. A terapia pode acontecer com diferentes frequências, metodologias e formatos.

Entre os formatos, há opção de fazer terapia online e presencial. Para saber mais sobre tais modelos e suas semelhanças e diferenças, continue lendo o artigo.

O tratamento psicológico tradicional acontece a partir de sessões de terapia presencial.

O paciente deve se deslocar até o consultório do psicólogo em um horário previamente combinado. As sessões costumam durar de 30 até 60 minutos.

O ambiente do consultório varia de acordo com os métodos do profissional. Não é necessário ter o famoso divã! Para o tratamento de crianças, por exemplo, muitos psicólogos usam jogos e brincadeiras como metodologia.

Como é a terapia online?

O Conselho Federal de Psicologia autoriza os mais de 300 mil profissionais cadastrados a consultar pacientes via plataformas online.

Não há restrição de formato – vídeo chamada ou ligação e plataforma usada. E também não há regras sobre os assuntos a serem tratados, a duração da consulta e o preço a ser cobrado.

A ausência de regras específicas divide opiniões dos profissionais e dos clientes. Portanto, sugerimos que aqueles que têm interesse em fazer terapia online alinhem todos os detalhes relacionados à duração e valor da hora antes de iniciar as sessões para evitar futuros desentendimentos.


PsicoMed no Facebook

Quais são as semelhanças?

Por ser algo relativamente novo, muitos pacientes ainda têm um pé atrás com a eficácia da terapia online.

Existem diferentes opiniões de profissionais e teóricos enquanto a isso. Muitos deles defendem que o contato presencial, olho a olho, entre o paciente e o psicólogo é essencial. Mas é preciso enfatizar que este argumento não anula a eficiência da terapia online.

Por outro lado, são muitas as pesquisas que afirmam que ambos os métodos apresentam os mesmos resultados aos pacientes.

Quais são as diferenças?

Obviamente, todo o ambiente da consulta é diferente. Por isso, pacientes que optam por terapia online devem ter alguns cuidados que aqueles que vão até o escritório do psicólogo não precisam pensar sobre.

Você pode usar o celular ou computador para o atendimento, mas é necessário estar em um local que te ofereça privacidade e conforto. Nada de se consultar em uma fugidinha no banheiro do trabalho ou no meio da sala de casa com a sua família ao lado. Este é um momento só seu, de autocuidado.

Outra diferença é os momentos pré e pós consulta. Na terapia presencial, o momento de deslocamento de e para o consultório já é terapêutico, porque o paciente já costuma pensar sobre as questões que o afligem, tornando a experiência mais imersiva e intensa.

Na terapia online, você pode se ocupar com outras tarefas e portanto, outros pensamentos, literalmente cinco minutos antes e depois da consulta.

Mas também é possível manobrar estas desvantagens com planejamento. Assim como quem faz terapia presencial precisa se deslocar, os pacientes do online podem reservar a meia hora que antecede e precede a consulta para desacelerar e sentir os efeitos no psicológico.

0

Artigos relacionados

Leave a Comment

Siga as Redes Sociais!

Uma plataforma que conecta psicólogos e pacientes, possibilitando atendimentos online e presenciais.

© PsicoMed Doctor Psi, LLC. All rights reserved.

Curta nossa página

Tire dúvidas por WhatsApp
Whatsapp
Whatsapp

Especialidades

Algumas Cidades


PsicoMed no Facebook

Login

Whatsapp
Whatsapp