fbpx

Para começar, uma breve descrição do que é afeto – está relacionado aos acontecimentos que nos rodeiam e como somos afetados por eles, como reagimos ao que nos é apresentado. Uma forma de representa-los socialmente é o sentimento (aqueles conhecidos – amor, ódio etc…). Então, quando algo os afeta, sentimos e nos emocionamos.

Quando não é possível identificar e nomear sentimentos e emoções, fica difícil lidar com os acontecimentos, pois você não saberá nem por onde começar. O mundo vivencia uma ameaça invisível à olhos nus, e a insegurança e a ansiedade estão presentes quase em tempo integral, por isso o autoconhecimento é indispensável. Insegurança e ansiedade são emoções naturais ao ser humano e que podem ser úteis para sua sobrevivência, porém, se você sente que é demais e que não está dando conta, dê atenção aos “comunicados” do seu corpo.

Ao sermos afetados por uma emoção, os sentimentos são “recuperados”, ou seja, ao vivenciar a situação, tudo aquilo que já passou é resgatado, como se fosse um caminho em que, todas as vezes que você sente emoção X, relembra os momentos que foram vivenciados sob a influência dessa mesma emoção. E, quando se trata da população idosa, que já vivenciou muitas coisas, passando por guerras, doenças, e acompanha diversos outros momentos da atualidade, como o advento da internet, por exemplo, esse caminho é longo e não pode ser desconsiderado.

Para lidar com tantas novidades, mudanças de padrões sociais, novas formas de viver e interagir, é preciso um tempo para assimilação do processo. Como fazê-lo se tudo hoje é tão rápido? Se conhecendo, entendendo seus limites e aprendendo com os erros e acertos. Dando espaço para que o novo faça parte da sua vida e não cristalizando os pensamentos. Assim, será possível trabalhar suas emoções e, além disso, lidar com elas. Se há algum tempo atrás, a psicoterapia era mal vista e a população idosa pouco tinha acesso, hoje tudo mudou. A psicoterapia tem seu espaço e está disponível nos mais diversos lugares para todas as pessoas, inclusive as idosas. Nunca é tarde para se enveredar no caminho do autoconhecimento.

Michelle Perez Alves Xavier

Psicóloga


PsicoMed no Facebook

CRP 06/129104

Quer ter acesso a mais conteúdos como este? Me siga nas redes sociais e, se precisar, entre em contato para iniciar seu processo de desenvolvimento emocional.

Face: Psicóloga Michelle Perez

Insta: psim_xavier

WhatsApp: (11) 96779-3301

 
You Tube: Velhices Sem Tabu
0

Artigos relacionados

Leave a Comment

Siga as Redes Sociais!

Uma plataforma que conecta psicólogos e pacientes, possibilitando atendimentos online e presenciais.

© PsicoMed Doctor Psi, LLC. All rights reserved.

Curta nossa página

Tire dúvidas por WhatsApp
Whatsapp
Whatsapp

Especialidades

Algumas Cidades


PsicoMed no Facebook

Login

Whatsapp
Whatsapp