fbpx
  • A ansiedade é uma alerta do organismo que sentimos quando temos expectativas excessivas diante de determinadas situações. É uma reação normal do sujeito uma vez que nos deparamos com essas situações provocando medo, preocupação, dúvida, etc.
  • É importante você saber que a ansiedade é considerada normal e natural quando NÃO se torna uma rotina, ou seja, quando o indivíduo não deixa de realizar tarefas do dia-a-dia. Ex.: Ir a escola, fazer um concurso, prestar vestibular, conhecer pessoas, etc. Uma vez que ela se apresenta constantemente,  é possível que se torne um grande problema, causando assim um prejuízo para vida do sujeito, provocando mudanças significativas. 
  • Os sintomas fisiológicos típicos da ansiedade são: Sudorese, falta de ar, palpitações, dores no peito, tremores, boca seca, insônia, tensão muscular, enjoo, vômitos.  Há também os sintomas psicológicos que são eles:  Preocupação excessiva, dificuldades de concentração, nervosismo, medo constante, desequilíbrio dos pensamentos e sensação de perder o controle.
  • Existem outros transtornos que estão ligados aos de ansiedade: Síndrome do pânico, Fobia social, Fobia especifica, Transtorno obsessivo-compulsivo (TOC), Transtorno de estresse pós- traumático (TEPT).
  • Com a chegada da pandemia ( COVID-19) , Os efeitos da ansiedade nesse período tem se intensificado podendo deixar marcas na vida das pessoas. Apesar da ansiedade ser uma resposta natural do nosso corpo, em alguns momentos pode se tornar nociva. Diante do novo coronavírus aprender a lidar com a ansiedade é importante para o cuidado da saúde mental de todos. 
  • Eis a pergunta. É possível reverter a ansiedade?
  • Sim, é possível basta adotar as medidas a seguir:
  • 1.  Crie uma rotina: É possível criar uma rotina dentro de casa? Sim você pode ter uma rotina mesmo em quarentena (diante a atua situação pelo COVID-19), a diferença é que você precisará fazer algumas modificações e adaptações. Ex.: 07:00 h acordar cedo, 07:30 h tomar café. Sem dúvida, é importante criar horários para acordar, de trabalho, intervalos, refeições e também de lazer e descanso. A rotina ajuda a organizar a sua mente ao longo período de isolamento social, ao contrário disso, você vai acabar se entediando e criando hábitos que a longo prazo não serão saudáveis. 
  • 2. Faça exercícios físicos: A prática de exercícios físicos é uma ótima maneira de combater o estresse, a ansiedade e a depressão. Além disso, também melhora a autoestima, a qualidade do sono e a concentração. 
  • 3. Expresse, pronuncie o que você está sentindo:  Inclua na sua rotina atividades que te ajudem a expressar o que sente. O que fazer? Pinte, escreva, desenhe, cante, ouça uma música, tire uma foto. Todas essas atividades podem te ajudar a eliminar a angústia e o medo. Além disso, você ocupa o seu tempo e não fica só sentado em frente a televisão, nem mexendo no celular.
  • 4. Faça terapia :  Se você não sabe como lidar com ansiedade e sente que precisa de suporte psicológico para poder trabalhar essa e outras questões, não hesite em procurar um profissional.  Se você ainda prefere não correr o risco de sair de casa por causa do COVID-19 o atendimento pode ser realizado na plataforma online.  Não tenha medo, ou vergonha em cuidar da sua saúde mental durante esse processo de quarentena.
  • Se ficou alguma dúvida ou você quer trabalhar sua ansiedade ou demais queixas entre em contato. 
0

Artigos relacionados

Comments are closed.

Siga as Redes Sociais!

Uma plataforma que conecta psicólogos e pacientes, possibilitando atendimentos online e presenciais.

© PsicoMed Doctor Psi, LLC. All rights reserved.

Curta nossa página

Tire dúvidas por WhatsApp
Whatsapp
Whatsapp

Especialidades

Algumas Cidades


PsicoMed no Facebook

Login

Whatsapp
Whatsapp