fbpx

Vamos falar um pouco sobre ansiedade?

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) cerca de 264 milhões de pessoas sofrem de algum transtorno de ansiedade ao redor do mundo. Hoje, com a pandemia do COVID-19, esses dados aumentaram significativamente e em consequência, aumentou significativamente a procura de apoio psicológico diante os riscos, evoluções, dados de mídias e expectativas.  

A ansiedade é um sentimento ligado à preocupação, nervosismo, altas expectativas, frustrações ou medo intenso. Apesar de ser uma reação comum e natural do ser humano e com ligações do nosso corpo, a ansiedade pode virar um problema importante e atrapalhar atividades corriqueiras. Certamente deve lembrar de algum momento em que se exaltou, preocupou-se ou sentiu-se mal ao esperar algum acontecimento que traria alegrias. Lembrou? 

O que é preciso entender é esse é um processo comum ao ser humano, mas que existe uma diferença com a ansiedade patológica, que a principal  causa prejuízos na vida. Vamos entender quais os principais sintomas e o que devemos observar.

Sintomas físicos e psicológicos do transtorno de ansiedade

As causas da ansiedade variam de pessoa para pessoa e essas nuances são verificadas após a avaliação de um profissional. No entanto, há alguns fatores que podem facilitar o caminho para esse distúrbio, segundo o CID-10 (2018) e algumas observações profissionais:


PsicoMed no Facebook
  1. Respiração ofegante e falta de ar
  2. Palpitações e dores no peito
  3. Fala acelerada
  4. Sensação de tremor e vontade de roer as unhas
  5. Agitação de pernas e braços
  6. Tensão muscular
  7. Tontura e sensação de desmaio
  8. Enjoo e vômitos
  9. Irritabilidade
  10. Enxaquecas
  11. Boca seca e hipersensibilidade de paladar
  12. Insônia
  13. Preocupação excessiva
  14. Dificuldade de concentração
  15. Nervosismo
  16. Medo constante
  17. Culpa 
  18. Sensação de que vai perder o controle ou que algo ruim vai acontecer
  19. Desequilíbrio dos pensamentos
  20. Braço dormente
  21. Suor frio
  22. Sensação de ser um observador externo da própria vida (despersonalização)
  23. Sentir-se desconectado de seus ambientes (desrealização)

É importante salientar que a ansiedade é algo inerente ao ser humano e que é uma condição importante para o autocuidado humano. Sem essa comunicação, seria difícil se distanciar de situações de risco. Assim, é um mecanismo necessário de preservação que só se torna um problema quando se perde o controle e a duração desse sentimento.

Saliento que é importante que isso seja acompanhado por profissionais competentes para que seja controlado e atenuados por auxílio de medicamentos (caso o médico avalie a necessidade) como por psicoterapia, onde serão trabalhadas questões referentes ao tema como símbolos, significados, comportamentos, gatilhos, tendências, dificuldades relacionais, dentre outros pontos importantes.

Nós psicólogos estamos preparados para orientá-los e apoiar o processo de cuidar.

 

0

Artigos relacionados

Leave a Comment

Siga as Redes Sociais!

Uma plataforma que conecta psicólogos e pacientes, possibilitando atendimentos online e presenciais.

© PsicoMed Doctor Psi, LLC. All rights reserved.

Curta nossa página

Tire dúvidas por WhatsApp
Whatsapp
Whatsapp

Especialidades

Algumas Cidades


PsicoMed no Facebook

Login

Whatsapp
Whatsapp