Vamos falar um pouco sobre ansiedade?

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) cerca de 264 milhões de pessoas sofrem de algum transtorno de ansiedade ao redor do mundo. Hoje, com a pandemia do COVID-19, esses dados aumentaram significativamente e em consequência, aumentou significativamente a procura de apoio psicológico diante os riscos, evoluções, dados de mídias e expectativas.  

A ansiedade é um sentimento ligado à preocupação, nervosismo, altas expectativas, frustrações ou medo intenso. Apesar de ser uma reação comum e natural do ser humano e com ligações do nosso corpo, a ansiedade pode virar um problema importante e atrapalhar atividades corriqueiras. Certamente deve lembrar de algum momento em que se exaltou, preocupou-se ou sentiu-se mal ao esperar algum acontecimento que traria alegrias. Lembrou? 

O que é preciso entender é esse é um processo comum ao ser humano, mas que existe uma diferença com a ansiedade patológica, que a principal  causa prejuízos na vida. Vamos entender quais os principais sintomas e o que devemos observar.

Sintomas físicos e psicológicos do transtorno de ansiedade

As causas da ansiedade variam de pessoa para pessoa e essas nuances são verificadas após a avaliação de um profissional. No entanto, há alguns fatores que podem facilitar o caminho para esse distúrbio, segundo o CID-10 (2018) e algumas observações profissionais:

  1. Respiração ofegante e falta de ar
  2. Palpitações e dores no peito
  3. Fala acelerada
  4. Sensação de tremor e vontade de roer as unhas
  5. Agitação de pernas e braços
  6. Tensão muscular
  7. Tontura e sensação de desmaio
  8. Enjoo e vômitos
  9. Irritabilidade
  10. Enxaquecas
  11. Boca seca e hipersensibilidade de paladar
  12. Insônia
  13. Preocupação excessiva
  14. Dificuldade de concentração
  15. Nervosismo
  16. Medo constante
  17. Culpa 
  18. Sensação de que vai perder o controle ou que algo ruim vai acontecer
  19. Desequilíbrio dos pensamentos
  20. Braço dormente
  21. Suor frio
  22. Sensação de ser um observador externo da própria vida (despersonalização)
  23. Sentir-se desconectado de seus ambientes (desrealização)

É importante salientar que a ansiedade é algo inerente ao ser humano e que é uma condição importante para o autocuidado humano. Sem essa comunicação, seria difícil se distanciar de situações de risco. Assim, é um mecanismo necessário de preservação que só se torna um problema quando se perde o controle e a duração desse sentimento.

Saliento que é importante que isso seja acompanhado por profissionais competentes para que seja controlado e atenuados por auxílio de medicamentos (caso o médico avalie a necessidade) como por psicoterapia, onde serão trabalhadas questões referentes ao tema como símbolos, significados, comportamentos, gatilhos, tendências, dificuldades relacionais, dentre outros pontos importantes.

Nós psicólogos estamos preparados para orientá-los e apoiar o processo de cuidar.

 

Deixe uma resposta

Redes Sociais!

Uma plataforma que conecta psicólogos e pacientes, possibilitando atendimentos online e presenciais.

© PsicoMed Doctor Psi, LLC. All rights reserved.

Fale com o atendimento
Whatsapp
Whatsapp

Olá, visitante

Entre em sua conta

Ainda não tem cadastro? Abra conta grátis

Olá, visitante

Você tem interesse em um
orçamento de consulta

Receba grátis o contato com o valor
personalizado para a sua consulta hoje mesmo!

Form Apoiar

Olá, visitante

Olá, visitante

Editar Perfil

Ver Perfil Profissional, Editar, Inserir fotos

Chats

Mensagens de chats com pacientes

Notificações

Estatísticas de acesso de visitantes

Feed de Notícias

Posts na timeline dos pacientes

Publicar no Blog

Aumente o alcance de seu perfil

Painel Encaminha

Lista de encaminhamentos

Painel Ads

Gerenciamento de anúncios no Google

Plano Premium

Seu perfil em destaque na plataforma

Painel Financeiro

Sua conta Premium

Minha Conta

Gerenciar conta, alterar senha